luiscabral.net > miscellaneous >
LPPDTVVE

LIGA PORTUGUESA PARA A DEFESA DOS TEMPOS VERBAIS EM VIAS DE EXTINÇÃO

Quem me conhece sabe que pelo menos desde os anos 80 tenho lutado pela recuperação do gerúndio como formal verbal corrente. Com excepção dos nossos primos brasileiros, é cada vez mais raro ouvir esse tempo tão rico de sentido quão agradável ao ouvido. Mas o problema não se limita ao gerúndio: o condicional, o futuro perfeito e outros tempos verbais correm sérios riscos de extinção. Temos uma língua tão rica mas não usufruimos da riqueza que nos oferece.

Exemplifico: Consideremos o seguinte texto escrito em "português moderno" (refiro-me aqui somente à tendência acima referia, não a acordos ortográficos):

Os autores portugueses estão a utilizar cada vez menos tempos verbais. É pena. Se fosse professor de português, ensinava todos os tempos que a nossa língua oferece. Não sou, mas estou a pensar no que fazer para resolver este problema; no futuro próximo, vou escrever mais sobre isto.

Não é que esteja errado, mas porquê utilizar tanto o infinitivo quando temos melhor do que isso? Concretamente, parece-me que ficaria melhor escrever:

Os autores portugueses estão utilizando cada vez menos tempos verbais. É pena. Se fosse professor de português, ensinaria todos os tempos que a nossa língua oferece. Não sou, mas estou pensando no que fazer para resolver este problema; no futuro próximo, escreverei mais sobre isto.

Não concordam?

Meditando sobre o assunto, concluí que basta de esperar e lamentar: chegou o momento de agir, disse para comigo. Nasce assim a Liga Portugusa para a Defesa dos Tempos Verbais em Vias de Extinção, mais conhecida pela simples e sugestiva sigla LPPDTVVE.

Como ajudar a LPPDTVVE? Um donativo de 1 milhão de euros seria útil. Mas o mais importante é que todos procurem utilizar tempos verbais que raramente são utilizados (e já agora, escrevam para luismbcabral@gmail.com com sugestões e exemplos sobre tempos verbais em vias de extinção).

Viva a língua portuguesa! Viva a LPPDTVVE!
© 2000-2012 L Cabral | Design and hosting: L Cabral and Arte Numerica
HTML check